quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Imposto reduzido: Indústrias de Panificação contam com mais um incentivo para renovar e modernizar seu maquinário e se tornar mais competitivas

As indústrias de panificação no Espírito Santo passam a contar com mais um incentivo para renovar e modernizar seu maquinário e se tornar mais competitivas. Foi zerada a cobrança de diferencial de alíquota de ICMS na aquisição de máquinas e peças. A medida está prevista no decreto 3640-R, publicado na edição do dia 25 de agosto de 2014 do Diário Oficial do Estado.

O decreto ratifica e regulamenta o Convênio ICMS 58/14. A redução na cobrança do imposto irá valer, conforme o decreto, para “aquisições de máquinas, aparelhos e equipamentos, suas partes e peças e outros materiais de origem nacional, relacionados no Anexo Único do Convênio 84/13, destinados a integrar o ativo imobilizado para aparelhamento, modernização e utilização das indústrias de panificação, relativamente ao diferencial de alíquota incidente em operações interestaduais”.

Além das indústrias panificadoras, também poderão ser beneficiadas padarias onde há a industrialização de pães. De acordo com a Receita Estadual, cerca de 850 contribuintes em todo o Estado poderão vir a comprar maquinário com redução de imposto.

Ainda conforme o decreto, não será permitida a transferência dos equipamentos adquiridas com o benefício para estabelecimentos localizados em outros estados antes de 24 meses; caso contrário, o contribuinte perderá o benefício, tendo que arcar com o imposto, entre outras penalidades. 

Fonte: DIO-ES 17/09/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Importante:
• Comentários com ofensas e ataques pessoais, palavras de baixo calão, ofensivas aos costumes éticos bem como incentivo ao crime serão automaticamente excluídos.
• Os comentários inseridos sábados, domingos ou feriados serão publicados no próximo dia útil.
• Seu comentário é importante para fortalecer nosso portal. Obrigado!